Mendes

A cidade de Mendes tem origem em um simples rancho para pouso de tropas, erguido às margens do “Caminho Novo do Tinguá”, num atalho que ligava a aldeia de Valença com a cidade do Rio de Janeiro. O pequeno aglomerado, de temperatura agradável e solo fértil, começou lentamente a se desenvolver graças à constante circulação de tropeiros. O Arraial dos Mendes tem seu primeiro registro em 1847 e a partir daí a vila cresceu e, por volta de 1850, passou a ser conhecida por Santa Cruz dos Mendes. A partir daí, desenvolveu-se na região o cultivo do café. A versão tradicional de que Mendes tenha sido fundada em terras da Fazenda Santa Cruz, pertencente ao Barão do mesmo nome não encontra respaldo histórico, porque o 2º Barão de Santa Cruz, Bartholomeu Torquato de Souza e Silva era um pernambucano, tendo sido promotor em Pau D'Alho até por volta de 1865, e que adquiriu seu título em Portugal em 1870. Veio, portanto, a residir em Mendes muito depois da vila ter sido formada. Não existe registro histórico de nenhuma Fazenda Santa Cruz, de propriedade de alguma família Mendes, mas somente da antiga Imperial Fazenda de Santa Cruz, tomada dos jesuítas pela Coroa, cujas terras foram distribuídas em Sesmaria.

Fazer orçamento

 População

17,881 Habitantes

 Fr. Ônibus

120 Frota

 RENDA PIB

R$144 722 Milhões

 Frota de TAXI

70 Frota